domingo, 20 de novembro de 2011

Foi meu amor
Quem me disse assim
Que a flor do campo
É o alecrim.


Ha
sta!!!

terça-feira, 8 de novembro de 2011

Opus Dei





‎"Alunos retirados da USP precisam de 'aula de democracia', diz Alckmin." Claro, né? Alckmin entende muito de democracia: é parte do partido que privatizou boa parte do patrimônio do país. Por ele, nem haveria mais universidade pública. Manifestações políticas são o retrato do aprimoramento da democracia, mas, como no Brasil, as pessoas acham isso "ato violento", acreditam que a realidade é o quea Globo/ Zero Hora mostra, trabalham boa parte do ano para pagar impostos e votam em políticos corruptos ou uns que só se preocupam com prédios históricos e aniversário da cidade... e continuam achando MANIFESTAÇÕES políticas o fim da picada... é melhor deixar tudo assim mesmo.. afinal, trocam sua cidadania por: "eu consumo., tu consomes, eles consomem, somos felizes". Amém.

Hasta!

segunda-feira, 17 de outubro de 2011

E te abraçava, do you wanna dance?




Não sei se alguém já escreveu sobre isso, então tomarei a liberdade de escrever.

Na manifestação de 15.10.11 na Praça Coronel Pedro Osório de Pelotas, várias falas tratavam dos assuntos, que nós, os vermelhos (aliás, os mesmos de sempre, contando, com (UFA!) a galera que está se aprochegando!), estamos acostumados a discutir: especulação financeira, concentração de renda e desigualdade social, questão ambiental, cachorros de rua, Pelotas não tem empregos ... Enfim, mas a fala que me surpreendeu foi a do casal proibido de dançar. Hein? Que isso tem a ver com Wall Street?

Democracia Real.

Para quem não sabe da história, há muitos anos um senhor é conhecido na cidade por dançar com uma boneca no calçadão. Segundo a reportagem do clicrbsPelotas http://wp.clicrbs.com.br/retratosdavida/2011/01/26/beto-e-izar-no-calcadao/?topo=13,1,1,,,77 ... que trata de outro casal que faz shows na rua, o senhor casou e a boneca foi trocada por uma mulher (que é uma boneca de tão mimosa, por sinal) e estava, agora, dançando com ela.

Voltando ao assunto, segundo o que eles contaram, foram proibidos de DANÇAR no calçadão.

Por quê?

Porque segundo os comerciantes, atraíam muitos curiosos e atravancavam o caminho, não tendo Mario Quintana nada a ver com isso.

Pasmem meus queridos, mas segundo eles, começaram a sofrer assédios morais dos mais abomináveis: jogaram-nos URINA. Ou melhor, segundo o dançarino: "Nos atiraram MIJO".

Como é que uma CIDADE que se diz TURÍSTICA, que se diz a lindeza da arquitetura do caramba e que SE ORGULHA (de quÊ? de quemmm?) de fazer 200 anos de SEI LÁ o que, tem a CAPACIDADE de PROIBIR uma manifestação artística, linda como a dança, de um casal tão simpático, que usa a arte para VIVER???????????????????????????????????????

Quem proíbe manifestações num CALÇADÃO que é PÚBLICO! PÚBLICO!

PÚBLICO NÃO É PRIVADO. SÃO ANTÔNIMOS. ANTÔNIMOS!!!

Os mesmos que decidem a vida da humanidade através de um monte de números e cifras de forma arbitrária lá na tal Wall Street são os mesmos que violentam um casal de artistas no calçadão de Pelotas. Os mesmos de Wall Street tem tudo a ver com aquelas crianças esqueléticas que figuram a tal ÁFRICA, que são os mesmos que fazem com que Pelotas sofra essa desigualdade de renda absurda, fazendo com que algumas crianças da periferia não saibam nem como é o calçadão.

Hasta!


Foto: Coletivo Rede.


terça-feira, 4 de outubro de 2011

Make love and...

Pare com o MIMIMI.
Seja relevante para alguém.
Faça amor, não faça guerra e seja feliz.
Grata.



Hasta!

Perdoar para ser perdoado!

http://piquiri.blogspot.com/2011/03/francisco-de-assis.html

Via @frasesdemae "Alguns animais são bastante estúpidos. Mas não a ponto de se humanizarem." É a única coisa que é possível pensar quando nos deparamos com esse sujeito que matou aqueles cães de maneira medieval.
São Chico, esteja conosco!

Hasta!

sexta-feira, 30 de setembro de 2011

sexta-feira, 23 de setembro de 2011

é urgente, é latente... Estado Palestino!


é primavera, te amo...
é primavera, te amo...
é primavera, te amo...
Meu amoooorrr!!!
Trago essa rosa, para lhe dar!
Meu amoooor!!!
Hoje o céu está tão lindo!

Pelo reconhecimento do Estado Palestino com muitos, mas, muitos anos de atraso!

Hasta!

quarta-feira, 21 de setembro de 2011

Não precisa sofrer




Não precisa morrer pra ver Deus
Não precisa sofrer pra saber o que é melhor pra você

(Criolo - Não existe amor em SP)

Hasta!

Imagem: por Laíne Wagner, começo de setembro, na Beira da Lagoa, na Pérola.

terça-feira, 20 de setembro de 2011

Cacholas do abuso

Optei pelo xixi na cama

A dialética prova que é irreversível

Aquele xixi feito na cama, a lenha do fogo que eu brinquei

E o amor que eu senti

Não adianta tentar criar o raso no abismo

A gravidade não te puxa pra cima

Mesmo que nem comece

Vai ter um fim

Não há como mentir fisiologicamente

Pois quando ela chegou daquela longa viagem

Pediu paz e um pedaço do meu colo

Na ilusão de que eu não fosse um poeta



por Laíne Wagner na manhã de 22 de agosto de 2011.


Hasta!

sexta-feira, 10 de junho de 2011

Coisa boa


Coisa boa ser



FELIZ.


Feliz dia dos namorados!

Muitos beijos na boca com muita paixão, com muita saudade de sentir saudade.

Hasta!

terça-feira, 31 de maio de 2011

Para um outro Porto

No terceiro andar de Babel

Um amontoado de livros, de obras, de abracadabras

Isso faz filosofia de padaria ou de bar

Em cada café histórico

Desgosto de classe

Socio-imaginando com Marx

Arvoredo na Barroso

Nem tão grande assim

Meu mate toma um violão na calçada

Andar nessa rua, só me faz fitar

Inventar

Fazer o depressa perambular

Satolep Noite

Fazer ouvir um rockezito

Ou Nei Lisboa, tri legal

Essa coisa “liberdade/ liberal”

Onde o amor é quiçá um líquido

E o gênero não é mais do general

Já perdi um amor para

Um outro Porto

Um Porto que se revitaliza

Até parece um novo outro cais

Que se embriaga de tristes recordações

Nesse porto eu não me perco nunca mais.


Para um outro Porto, por Laíne Wagner, numa madrugada de fevereiro de 2011...

Hasta!

terça-feira, 17 de maio de 2011

Milagres e Satolep


O que acontece quando tu tens que pegar um bus para Porto as 5h:45 e o taxi marcado não aparece? (detalhe: passagem de Sta Cruz - Porto comprada e Porto - Pelotas também)
As 5h:38, o que acontece?
Você acredita em milagres? Eis que numa rua aleatória e deserta da pacata Santa Cruz, surge um senhor alemãozinho e simpático dentro de um taxi dizendo: "Moça, precisa de um taxi?"
Sim, amigo, Deus existe!

Dez dias fora da cidade.
Juro que nem estava sentindo tanta falta.
Chegando perto da UCPel, arredores do Porto - Satolep, comecei a sorrir... sem querer...
Bairrismo? Será?
Induscutível, esse é o meu lugar.
Hasta!!!

domingo, 1 de maio de 2011

Dica de filme. Cinéfilos 2011. Capítulo 4




Mar ADENTRO (2004)
Drama
Espanha (França e Itália)
Peguei na PLUG.
Audio em Espanhol
Sobre a vida de um marinheiro, Ramon Sampedro (Javier Barden) que fica tetraplégico e luta pelo direito a eutanásia.
Ganhou o Oscar de melhor filme estrangeiro. (2005)

Comentários meus:


-É, com certeza, um dos TOP 10 filmes da minha vida.
-Destaque para a personagem Manuela Sampedro (Mabel Rivera), a cunhada que trata Ramon como filho.
- Prepare-se para chorar...


Hasta!

domingo, 17 de abril de 2011

Puxa meu dedão?


Andava eu, por novembro de 2010, ou coisa do gênero na Rua Três de Maio, quase esquina Almirante Barroso, quando na minha frente aparece um cara moreno, de olhos mel, com uma sacola na mão com um pacotão de fraldas e diz: (hummm, ele era bem bonito até...)
_Oi moça, tu mora em Pelotas?
Disse eu:
_Sim!
_Onde fica a rua Andrade Neves?
(Detalhe importante: tem alguém perdido na rua, tem vinte pessoas em volta, as pessoas SEMPRE pedem informações pra mim. Será que eu tenho cara que sabe o nome das ruas? Cara de inofensiva? Cara de informante?)

Enfim, disse eu: "é a sexta rua paralela".
Ele disse: "tens certeza?" E eu respondi: "Absoluta". E ele disse: "muito obrigada, moça!" E lascou: "Posso te pedir um outro favor? Puxa meu dedão?" :o

Sim, querido leitor. O cara mostrou o dedão da mão e disse: "Eu tô com o dedo destroncado, me ajuda aqui".


Naquela fração de segundos, pensei zilhões de coisas. "Esse cara vai me assaltar, me matar, sequestrar?" Jesuuuuuuus!!!
Pensei, também: "vou correr pra dentro do Campus 2"...
A minha resposta foi: "não posso, moço... tenho tendinite, (pior que é verdade)... não posso fazer força!!!"
E disse: "tenho que ir, tchau".


Dobrei a rua, pela Barroso e fui quase correndo pra casa!!! Olhando freneticamente para trás...


Imaginem comigo: quem é que pede para um desconhecido, na esquina do Campus 2 da UCPel para que lhe PUXEM O DEDÃO???????!!!!!!!!!!!!!!!!!
Essa historia é tão absurda, que convenhamos... merece até uma música. Agora só falta a melodiaa...

Hasta! E puxa meu dedão!!!



Voltando para casa
Pensando no acontecido
Pelo terceiro dia de maio
Deparando com a dúvida de pais errantes
Em busca da Andrade, não Andradessss
Com aqueles olhos mel, perguntando:
Tu és daqui, cara infante?

Acho que sim, sou daqui, da rua de trás

Cheia de graça, mas com medo

Correndo para a faculdade dos comunicantes

É a sexta rua, meu caro
Um favor final:

Puxa meu dedo,
Obrigado.





Imagem: http://hypedesire.blogtv.uol.com.br/2007/10/25/escultura-de-dedao

domingo, 10 de abril de 2011


Donnez moi une suite au Ritz, je n'en veux pas!
Des bijoux de chez CHANEL, je n'en veux pas!
Donnez moi une limousine, j'en ferais quoi?
papalapapapala
Offrez moi du personnel, j'en ferais quoi?
Un manoir a Neufchâtel, ce n'est pas pour moi.
Offrez moi la Tour Eiffel, j'en ferais quoi?
papalapapapala

Je Veux d'l'amour, d'la joie, de la bonne humeur
c' n'est pas votre argent qui f'ra mon bonheur,
moi j'veux crever la main sur le coeur
papalapapapala
allons ensemble, découvrir ma liberté,
oubliez donc, tous vos clichés,
bienvenue dans ma réalité !

J'en ai marre d'vos bonnes manières, c'est trop pour moi!
Moi je mange avec les mains et j'suis comme ça!
J'parle fort et je suis franche, excusez moi!
Finie l'hypocrisie moi, j'me casse de là!
J'en ai marre des langues de bois! Regardez moi,
toute manière j'vous en veux pas, et j'suis comme ça
j'suis comme ça
papalapapapala

tá ligado? é isso aí que je veux. bã, e tá dando certo.
hasta!!!

sexta-feira, 25 de março de 2011


"Todas as manhãs ela deixa os sonhos na cama, acorda e põe sua roupa de viver." (CL)
Hasta!

quarta-feira, 16 de março de 2011

Gracias a la vida, Dios! [2]




Gracias a la vida, Dios!

Gracias, Obrigada, Merci, Dank, Thanks...

Muito obrigada, de coração! #sls



Muito obrigada com todo meu coração, minha alma e a gratidão que pode existir dentro de mim para: -Tia Gilda que avisou minha mãe da água;
-Sr Ribeiro que tirou minha avó de casa;
- São Francisco de Assis que salvou nossos cães;
- Família Pritsch que acolheu meus avós e mãe, dando roupa seca num primeiro momento;
- Tia Renilda que abrigou meus avós e cuidou da Vó Palmira;
- Helena que abrigou a mim, mãe e pai, lavou nossa roupa, nos fez comida, deu carona, etc, etc;
- Tio Contreira que ajudou e ajuda a limpar a casa;
- Lourdes e Ilma que ajudaram com a roupa;
- Pastor Arthur que foi lá em casa dar uma força;
- Marlete e Breno que arrecadaram um colchão para os meus avós;
- Sr Rocke que saiu de Camaquã para nos levar um lava-jato;
- Ana e Dado que me fizeram bauru, me deram "bis" e chá de cidreira;
- Os vizinhos que empurraram o carro cheio de lama para fora da garagem;
- Merli e Emerson que nos levaram até São Lço;
- Enio que me ajudou nas doações do ICH;
- Jurandir que articulou postos de coleta;
- Todas as outras pessoas que de uma maneira ou de outra, ligaram, se preocuparam e nos deram força e ânimo nesse momento tortuoso, mas que nos deixará mais fortes e mais esperançosos com o futuro!
Beijo de amor!!! #sls

hasta, #SLS!!!